Monde Musique

Blog de música. Toda música. Por Lucas Cunha

“Fui Fiel”, de Pablo: a mais importante música baiana em 2013?

pablo

O arrocha já faz parte da “música das ruas” de Salvador há alguns anos, mas, em 2013, o estilo conseguiu se tornar conhecido e reconhecido para muito além apenas da Bahia.

O cantor Pablo, autodenominado o inventor do termo ‘arrocha’ como estilo musical, é, sem dúvida, o seu maior representante em nível nacional. E o ano que está acabando foi, nas palavras do próprio, “mágico”.

“Este ano, colhi muitos frutos bons de trabalho. Fizemos cerca de 25 apresentações mensais. Fiz a minha primeira turnê no estado do Rio de Janeiro. Só tenho o que agradecer. 2013 foi mágico”.

A declaração de Pablo vem da entrevista que fiz, por e-mail, com o cantor, publicada no site de A TARDE, pegando o gancho das suas apresentações no dia 31, onde Pablo será atração do Réveillon do Subúrbio, do Réveillon do Comércio (ao lado de Gal, Caetano, Gil e Saulo), além de estar entre as atrações do Show da Virada da Rede Globo.

Ivete pode ter feito megashow na Arena Fonte Nova, Saulo entrou em carreira solo sem perder seu público, o BaianaSystem apontou novos caminhos para os sons do Carnaval e das festas soteropolitanas de verão com sua “Terapia”, mas, pra mim, 2013 é o ano de Pablo e seu megahit, “Fui Fiel”.

Tenho a impressão que o arrocha tem um sentido na Bahia parecido com o que acontece com o ‘brega’ em Pernambuco. O brega, por sinal, viu este ano a morte do seu Rei maior, Reginaldo Rossi. Pois ele só ressurgiu para o sucesso nacional no meio dos anos 1990 com “Garçom” depois de se tornar febre em Salvador.

Apesar de Reiginaldo ter uma finesse nas referências e repertório que dificilmente Pablo poderá repetir, “a voz romântica” do arrocha também tem certo status cult em Salvador (pelo menos), assim como o ‘brega’ Reginaldo Rossi tinha por aqui. Afinal, falar de amor ultrapassa estilos e classes sociais. E nisso, os dois não tem vergonha alguma em cantar as ‘breguices’ do amor, do romance.

Mesmo com certo machismo implícito na sua letra, (o personagem da letra diz que ama tanto este novo amor que, desta vez, ele até “se entregou e foi fiel”), “Fui Fiel” ganhou a simpatia de todas as classes sociais e até, por que não, artísticas, mesmo que assim não entendam. Ela é o carro-chefe da explosão de Pablo no Brasil, sendo a música escolhida para uma apresentação recente na Globo, no programa de Fátima Bernardes.

O arrocha já faz parte do jeito soteropolitano de dançar. É engraçado ver em algumas apresentações de artistas de fora, que tenham uma batida próxima do arrocha, mesmo não tendo influência direta do estilo baiano, como por aqui o público começa a “arrochar” na plateia. A primeira vez que percebi isso foi em um show de Tulipa Ruiz, no Solar Boa Vista, quando a cantora paulista cantava seu primeiro sucesso, “Efêmera”, e a plateia ‘alternativa descolada’ começou a arrochar seu nenhum pudor.

E até mesmo quando o BaianaSystem toca sua “Terapia”, como o publico reage? Arrochando. Por mais que a banda de Robertinho Barreto e Cia também usem outras referências caribenhas e afins, para o público local (melhor, para o quadril do público local) aquilo já é codificado como arrocha.

E quem começou isso tudo? Do jeito que a história vem sendo contada até agora, Pablo. Por isso, “Fui Fiel” representa, até o presente momento, o ápice do arrocha em escala nacional.

Até onde “a voz romântica” pode chegar? Só o tempo dirá. Mas nesse registro polaroid de 2013, o meu maior destaque musical na Bahia no ano vai para Pablo. Goste-se ou não do que ele faz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em dezembro 29, 2013 por e marcado , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: